Devo apostar no Personal Branding ou no Marketing Institucional?

Entenda quando investir na marca do seu escritório e quando investir em sua própria imagem.

Muitos advogados ingressam na carreira após anos de formação, passando por pós-graduação, pelo mestrado e até doutorado, porém acabam não entendendo como é que, após todos esses anos de investimento, acabam por receber tão pouco retorno em termos de reconhecimento no mercado e quantidade de clientes.

As contas vão chegando e os honorários a receber demoram. Uma gama de dúvidas começa a surgir na cabeça daquele fez a opção certa ao empreender na advocacia: “Onde estão os meus clientes? Onde aplicar todo esse cabedal de conhecimento adquirido?  Por que meu escritório não decola? O mercado deve estar saturado…  Eu deveria ter prestado concurso… “

Calma! Talvez você ainda não tenha tido a oportunidade de entender como funcionam as grandes marcas em qualquer tipo de negócio ou empreendimento – e como essas práticas podem auxiliar o seu escritório.

Não é incomum identificarmos empresas em que os dirigentes são tão famosos quanto a sua própria marca (Elon Musk, Steve Jobs) e como era de se esperar isso não é obra do mero acaso. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Vivemos a era dos influencers e da identificação pessoal com valores compartilhados, o que exige um posicionamento de marketing multicanais. Mais que conhecer o seu escritório, o novo perfil de cliente deseja conhecer a você.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A prática nos permite identificar que o personal branding, isto é, um marketing mais pessoal, é a estratégia vinculada à imagem do advogado e seu nome, enquanto que o marketing institucional refere-se à capacidade do escritório em satisfazer as expectativas dos clientes que chegam.

Portanto, use o personal branding para apontar o seu diferencial como advogado, dando nova vida às suas credenciais acadêmicas e experiências acumuladas e aproveite o marketing institucional para construir uma relação mais sólida com clientes.

Combinadas, estas estratégias são a fórmula de sucesso digital. Na hora de negociar os honorários, é ao marketing pessoal que o cliente será remetido, recordando, por conhecê-lo, do porquê você é único e para constantemente representar novas causas, o marketing institucional será o caminho para tornar seu escritório a referência nos seus nichos de atuação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *